O sistema de rejuvenescimento a laser possui diferentes tipos de tratamentos através do laser Nd YAG,  laser ablativo (YSGG) e luz intensa pulsada (IPL).

É sempre importante estar por dentro de todas as novidades e possibilidades de tratamentos, neste post iremos falar com detalhes sobre os lasers utilizados no Sistema de Rejuvenescimento.

Laser Nd Yag – Segurança e eficácia

O tratamento a Laser Nd YAG é conhecido por sua segurança e eficácia. O mesmo age bem em todos os tipos de pele e pode ser utilizado na depilação a laser, peeling térmico, tratamento e correção de manchas e rugas e até mesmo na remoção de tatuagens.

A intensidade do tratamento varia de caso para a caso, assim como o número de sessões e duração da sessão, que pode chegar a até 40 minutos.  

No pós-procedimento é indicado o uso de protetor solar, além de evitar a exposição ao sol. Outras indicações vão variar, levando em conta o objetivo do tratamento.

Laser YSGG – Bons resultados em sinais do envelhecimento

Combinação ideal de calor com ablação fornecida em campo fracionado ou completo, o laser YSGG é indicado para flacidez, sinais do envelhecimento, cicatrizes e rejuvenescimento facial ou corporal.

O uso deste laser pode ser dividido em duas técnicas: o laser fracionado e não fracionado.

Laser fracionado: separado em diversos feixes de luz, sua aplicação é mais simples e menos agressiva, pois por funcionar como uma espécie de peneira, acaba por deixar as áreas não atingidas, intactas.  Essas áreas intactas ajudam no processo de cicatrização, acelerando a regeneração da pele.

Por ser um procedimento mais confortável, exige um tempo menor de recuperação.

Laser não fracionado:  pouco mais agressivo, a aplicação é realizada através de um único feixe de luz, removendo toda a camada superficial de pele da área tratada.

Por causar um certo desconforto, essa técnica pode exigir analgesia ou sedação, além de um tempo maior de repouso no pós-procedimento.

Luz Intensa Pulsada IPL – Versatilidade de tratamentos

A luz pulsada possui a vantagem de personalização do tratamento de acordo com o fototipo do paciente, apresentando opções para promover a absorção de hemoglobina e melanina, visando tratamentos uniformes e de fácil aplicação.

O procedimento trata de lesões causadas pelo fotoenvelhecimento em diversas áreas do corpo, além de tratar a rosácea e permitir a fotodepilação. É indicado para pessoas que possuem a tonalidade da pele mais clara, pois tonalidades mais escuras possuem maior chance de complicações.

Após o procedimento, o uso do protetor solar deve ser feito de acordo com recomendação médica, além de evitar a exposição solar.

Pesquisando com cuidado sobre o Sistema de Rejuvenescimento a Laser

Além de se manter atualizado, é válido entender as diferenças entre os lasers e suas finalidades.

Lembre-se de, antes de se submeter a qualquer tipo de tratamento, pesquisar um especialista registrado na Sociedade Brasileira de Dermatologia e que tenha um bom histórico no procedimento pelo qual você quer passar!