Com o verão se aproximando cresce a busca não só por novos biquínis, mas também por tratamentos que ajudem a mulher a se sentir bem ao usá-los. Todas sabemos que uma alimentação balanceada e a prática de exercícios são fundamentais para se manter em forma, mas nem sempre estes cuidados são suficientes para uma pele perfeita. Viajando pelo mundo descobri diferentes técnicas, que, quando combinadas, ajudam a conquistar o corpo tão desejado.

Confira algumas dicas em tratamentos corporais

Celulite: os famosos “furinhos” estão relacionados a uma alimentação com alto índice glicêmico e sedentarismo. Quando a dieta e os exercícios não são suficientes existem ótimas opções de tratamentos combinados como estes: mesoterapia com desoxicolato, ATX 101, mesostabyl com mesoterapia sem agulhas e radiofrequência. O resultado destes tratamentos dura cerca de quatro meses. Com ou sem o uso combinado de maquinas para flacidez e gordura localizada.

Flacidez: a flacidez pode estar relacionada ao músculo ou apenas à pele. No caso dos músculos, o mais indicado são exercícios. Já para problemas com a pele há tratamentos como colágeno dipeptídeo oral ou uma combinação de radiofrequência com ultrassom microfocado (conhecida como ultherapy). Para cuidar de áreas ainda mais flácidas como braços, joelhos, abdômen, parte interna das coxas e glúteos há o tratamento com fios de sustentação. Os resultados são muito interessantes.

Gordura localizada: Quem cuida da alimentação e faz exercícios sabe que, não importa o quanto a gente se esforce, alguns “pneuzinhos” nunca somem. Para ajudar a eliminá-los há tratamentos não cirúrgicos que quando combinados trazem resultados bastante satisfatórios. A mesoterapia com varias substancias como cafeína, por exemplo, consiste na aplicação de micro injeções que ajudam na queima da gordura localizada. Este tratamento pode ser combinado com a radiofrequência, que desestabiliza a membrana das células de gordura e torna a sustentação dessas células mais organizada.

Estrias: As estrias são como cicatrizes e o quanto antes a tratarmos melhor. Elas podem ser brancas ou vermelhas e a melhor opção é preenchê-las com hidroxiapatita de cálcio, o que ajuda disfarçar a cor e estimula a produção de colágeno. Com o colágeno, a profundidade das estrias se torna mais superficial. Junto com este tratamento pode ser feita a aplicação de vitamina C e silicone estéreis, que estimula a produção de colágeno e traz um tratamento mais duradouro e rígido. Se a flacidez da pele for muito intensa pode-se ainda associar lasers de dióxido de carbono fracionado e até ultrassom micro focado (conhecido como Ultherapy) com resultados que duram até 2 anos.

Problemas de Pele: pouco antes ou depois da menopausa é comum a pele do corpo adquirir uma aparência fina e desidratada que nem os melhores cremes do mercado conseguem resolver. O problema neste caso é que alguns tratamentos podem manchar a pele, por isso é preciso tomar muito cuidado. Pensando nisso, criamos um tratamento semanal com micro injeções de DMAE e vitamina C semanal, radiofrequência corporal e aplicação de veneno de abelha. Algumas vezes associa-se peeling no meio do tratamento vai deixar sua pele bonita e você pronta para usar biquíni sem inseguranças!