Dezembro é o mês do #DezembroLaranja e mesmo com toda campanha de conscientização, muitas pessoas ainda possuem dúvidas que cercam o assunto.

O Câncer de Pele é muitas vezes diagnosticado utilizando seus sinônimos, quando falamos de Melanoma, Carcinoma Espinocelular, Carcinoma Basocelular, estamos falando de Câncer de Pele.

Conhela os Tipos de Câncer de Pele

Melanoma

Se origina dos Melanócitos (células responsáveis pela produção de pigmento), é um tumor maligno que pode atingir partes como olhos, orelhas, pele, trato gastrointestinal, membranas mucosas e genitais.
A incidência do melanoma vem aumentando no mundo todo nos últimos anos, o diagnóstico ainda no início é ideal para o sucesso no tratamento.

Carcinoma Basocelular

Considerado o tipo mais comum de câncer e também o menos agressivo, o nome deve-se ao tumor que se constitui de células basais, o comportamento das células muda e ao se multiplicar de forma desordenada origina-se o tumor.
Com maior frequência no nariz, o tipo de tumor pode também surgir na orelha e outras partes da pele.
O rápido diagnóstico e remoção do tumor faz com que as chances de cura aumentem significativamente.

Carcinoma espinocelular

Sendo o segundo tipo mais comum de câncer de pele, entra na lista dos tumores cutâneos não melanoma.
Os locais mais comuns para o aparecimento do Carcinoma Espinocelular são partes com maior exposição solar como couro cabeludo e orelha.
Com evolução agressiva, a remoção deve ser feita antes que atinja outros órgãos.

Como Evitar e Identificar

A proteção solar ainda é a melhor forma de prevenção contra o Câncer de Pele, usar filtro solar sempre que exposto ao sol e mesmo em dias nublados ajuda não só na prevenção contra o Câncer de Pele, como no rejuvenescimento cutâneo.
Você pode identificar o câncer de pele por meio do autoexame, a recomendação é fazer o autoexame uma vez por mês.

O autoexame do Câncer de Pele é simples, procurar pintas ou lesões crônicas que não cicatrizam pelo corpo é o primeiro passo, você pode identificar um possível Câncer de Pele observando se apresenta alguma assimetria, bordas e cores irregulares e diâmetro superior aos 6mm.

Fique ligado também em alterações na área como aumento de vermelhidão, mudanças da superfície, secreções, sangramentos e aparecimento de lesões similares.